A figura brasileira



Eu não sei se isso acontece com vocês, mas comigo acontece muito. Quando a gente é convidado pera uma festividade e fala "eu vou", irá ou não. Mas se você fala " irei fazer de tudo para ir" tenha certeza que você não vai.

Eu sou uma pessoa muito ocupado, não paro de escrever e estudar o tempo todo. Além de tudo sou um sujeito bem arcaico, como já afirmaram aqui nas rádios de massa em Jacobina. Sou do tempo da carta. Só é que meu tempo é muito corrido, eu não tenho tempo de ler carta não. O fato é que meu amigo me encontrou na rua outro dia, e me perguntou se eu não havia recebido a carta que ele havia escrito. Respondi para ele " eu li e respondi", claro que é mentira. Mas ele sabia que eu estava mentindo, eu sabia que ele sabia que eu estava mentindo. Mas ele entendia que eu queria dizer que não li mas gostaria muito de ter lido porque ele é meu amigo e eu gosto muito dele. Ai ele me contou que aconteceu a mesma coisa com ele só que em outro país.
Olhe, Deus sabe oque faz, porque se eu tivesse nascido nos Estados Unidos eu era mudo, porque aquela língua eu não aprendia não. Então, ele estava nos Estados Unidos, e encontrou um amigo por lá. Esse amigo o convidou para sua festa de aniversário no dia seguinte, como um bom brasileiro, para não negar na hora disse apenas "eu farei de tudo para ir", obviamente, não foi. Uma semana depois, eles se encontraram e o gringo perguntou porque ele não havia ido para a festa de aniversário. Meu amigo, achando que era igual o Brasil disse " Você não recebeu minha carta não?", o gringo disse, "Como é? Você me mandou uma carta?",  dois dias depois o gringo processou o carreio. Mas olhe que país de pessoas chatas, sem vontade de viver. O pior é que provaram que meu amigo estava mentindo, ai o jeito foi voltar para Brasil. E ainda tem gente que escolhe nascer em um lugar de gente chata como essa. Deus é mais, e ele sabe oque faz!


Paulo Lima

(Escritor e poeta)

Comentários