#Sonho - #ArteeProsa


Uma moça morena
lábios carnudos e olhar de poesia.
Quando eu avistava meu coração
forte batia.

Era a negra mais linda
que já andou por cima da terra.
Causava tanto alvoroço nos moços 
Jacobina vivia em guerra.

No olhar puro da negra 
havia uma pureza nela.
A mais brilhante estrela
perdia sorrindo com ela.

Eu me apaixonei pela moça
e ela se apaixonou por mim.
A ela eu dava o mar e a lua.
Era um amor que nunca teve fim.

Todas sentiam inveja.
Mas o nosso amor não acabava.
Era como o fio da vida inacabável.
A cada dia nosso amor só aumentava.

Como nós se amávamos
muitos viviam conspirando.
Mas nosso amor só fortalecia 
cada dia ia aumentando.

Mas para você que tem inveja
coloque graça em sou rosto risonho.
Porque essa negra tão perfeita.
Foi vista através de um sonho.

Paulo Lima 
(Escritor e poeta)

Comentários