Negro passarinho - Írlei Lopes

Imagem da internet

Mais um dia triste , acordei com a luz do sol.
As noites não consigo dormir. 
Estamos como peixes fora da água na ponta do anzol.
Um negro passarinho que não pode voar.
Preso na periferia vivendo sem o poder de opinar.
Um negro passarinho sonhando com a liberdade.
O quero comigo , mas não temos a divina liberdade.
Um negro passarinho querendo viver uma psicose pra esquecer essa realidade bruta e sua metamorfose.
Trazendo consigo cicatrizes em suas asas e as maiores no coração,
O negro brasileiro diagrama de uma nação.
Em busca de um país melhor onde a sociedade não viva a descriminação.
Um negro passarinho que aqui não tem vez , quem sou eu ? O que sou pra vocês, sociedade preconceituosa?
Sejamos intelectuais na realidade virtuosa.
Sigo minha caminhada na rosa negra estupenda de espinhos.
Eu , um negro passarinho
Que luta pela vida
E por uma democracia que tenha história
Por um país sem cachola e dono da bola.
Sou apenas um negro passarinho preso na gaiola.

Comentários