Paulo Lima: Amor - Poema autoral registrado

Imagem da Internet




Amor...

Eu te amo, da mesma forma que as estrelas amam refletir ao mar,
Eu te desejo, da mesma forma que as florem desejam a primavera chegar.

Amor...

Eu te afago, da mesma forma que a lua afaga as noites dando a si própria quatro faces para nenhuma ter defeito,
Eu te espero, da mesma forma que os peões esperam as estiagens, para colher delas, o seu efeito.

Amor...

Eu te quero, como querem as aves tão livre, voar
Eu te abraço, como abraça os pais tristes a chorar.

Meu bem...

Eu te protejo, como protegem aos leoas os seus filhotes, sem proteção,
Amor...

Eu te amo, como te ama meu coração.

Paulo Lima

Comentários