Morena Diamante



Vai Rainha! querida morena donzela! 
Arrebita esse nariz! desfila essa passarela!
Seguindo o Ouro,
Vai bravejando simpatia, querido tesouro!

Descalça alcança o céu.
Cabelos enrolados é teu véu. 
Desfila bela mulata, alvorecer com ventania.
Vai querida, leva esse rio em sua companhia.

Morena dos lábios de mel.
Cobre com touca a raiz de todo mal, o fel. 
Canta comigo apenas uma melodia. 
Desfila! erradia beleza na face de um novo dia. 

Mãe das águas de fio de ouro. 
Diamantes banham teu couro. 
Olhos celestiais divinos.
Chocalhos, batem os sinos. 

Chora morena, pelas águas de dor.
Chora as lágrimas que não é tristeza. É somente amor. 
Canta como canta as aves e o Beija-Flor.
Descolore esse mal, deixando-o sem cor.

Morena de pele courada.
Negra já esquecida, queimada.
Segue o riacho das lamentações. 
Transforma o caos em canções.

Vai, minha pura nordestina.
Cura as águas e tuas meninas. 
Vai, dona da água que já deixou de ser cristalina.
Cuida do bem de Jacobina.

Comentários

Postar um comentário

Olá querido (a) amigo, (a) deixem aqui o seu comentário ou crítica para ajudar a melhorar o nosso blog.