Paulo Lima - O respeito


O respeito atualmente se transforma em abuso.
Desigualdade é achar que somos diferentes e ter que lutar por igualdade. Talvez, muita gente não entenda que o mundo é coberto por diversidade.
Sejamos apenas o que somos ou o que é. Seja homem, seja negro, seja gay, seja mulher.
Tenha o Direito, bata forte no peito e seja quem você quiser.
Seja forte, mesmo que alguém o tenha como diferente, um ninguém ou um doente.
Seja forte! Ninguém sente o que você sente.
Muitos nascem para julgar,
Outras até nascem para amar,
Mas não é difícil decifrar em que lado devamos estar.
O lado certo é somente amar.
Amar e respeitar.
Amar para conviver e compreender que ninguém é igual a você.
Amor é o remédio que desfaz o mal, cura feridas, destrói barreiras,
Cura o diferente e o igual.
Por ter tamanha diversidade, todo amor não deveria ser normal?
Em tempos de ódio, vantagem tem quem amar.
Se você procura ter respeito, mais na frente alguém vai te respeitar.
No mundo somos todos diferentes, anormal é ser igual.
Não é difícil compreender,
Se pratica o ódio e abusa da violência, o diferente aqui é você!
Prossiga! percorra uma só estrada.
Pretos, brancos, gays, coloridos... Somos somente um, em uma só caminhada.
"E se mesmo assim você não amar, não precisa ser perfeito! Se não der para ser amor, que seja apenas
respeito".


Paulo Lima

Comentários