Paulo Lima - Cota, preto e LGBT



"Todos nós somos iguais"
Foi o que disse o professor da escola.
Nem sabia ele que seu filho diz que cota para preto é esmola.
"Há!!! mas todos tem direitos iguais na cidade"
Mas, ele que não experimente ser preto e pobre na comunidade,
Nem dizer que é gay, trans, bi ou lésbica para a sociedade.
Experimenta dar a cara a tapa e ser mais um pobre na faculdade!
É.... cada um é igual, até que os mesmos vivam suas próprias vidas miseráveis,
Ou até que o topo seja dos poderosos e "invejáveis".
"Há, mas o essencial eles tem, falta agora investir!"
Serio? Mas, e aqueles engraçados que fazem do meu cabelo motivo para rir?
E aquele branco engomado que insiste em dizer que faculdade não é para preto favelado?
Talvez o essencial seja investir em menos preconceito, em menos racismo.
Quem sabe investido em bondade não gera menos egoísmo?
Talvez se aceitarem que na esquina vai ter uma preta e que na faculdade vai ter uma lésbica,
Isso diminua um pouco. Mas só um pouco, porque o mundo é um tanto louco.
Me aceite, aceite ao próximo, cultive amor no coração.
Quem sabe nosso conhecimento um dia não te estende a mão?


Paulo Lima

Comentários